Redação 3004

Sem Título

O projeto de terceirização do trabalho no Brasil, vem sendo discutido desde o século passado. Buscando um lugar na nova ordem econômica. Porém, essa proposta quanto mais beneficia o empresário, menos benefícios trás ao trabalhador.

Com a terceirização, procura-se redução de custos, aumento de produtividade, exterminalização de diversos riscos aos trabalhadores. Quando bem realizada, os resultados dessa reengenharia seriam o aumento na qualidade de produtos, serviços e eficiência. Esse, em linhas gerais, é o argumento defendido pelo empresário. Ele é sustentado por estudiosos da administração, que enfatizam a necessidade da empresa definir seu foco de ação.

Contudo, a terceirização esta distante dessa imagem. Ela afeta todos os trabalhadores terceirizados, que por sinal, receberão salários menores, terão jornadas mais extensas e menor resguardo de direitos e benefícios. Além disso, em muitos casos, as próprias empresas tomadoras dos serviços, abrem empresas desconhecidas prestadoras desses mesmos serviços, com o objetivo de abrir falência no futuro para se furtar do compromisso com o direto do trabalhador.

Assim, fica evidente, que o projeto de terceirizar atividades fins de uma empresa, não trara benefício algum ao trabalhador terceirizado. Portanto, no congresso nacional, deve ser feito um discurso mais conceitual e analítico, para que seja repensada essa proposta. Dessa forma, nenhum trabalhador sairá prejudicado. Além disso, a sociedade ficará satisfeita.



ENEM estuda.com é um sistema para estudantes que desejam ingressar em um curso de nível superior. Resolva questões através do computador, tablet ou celular.vestibular,enem,questoes,estudar,alunos,simulados,questões enem,simulados enem,simulados vestibular,vestibular,provas,provas enem