Redação 5290

Sem Título

No limiar do seculo XXI, a interação dos indíginas com as politicas publicas brasileiras é bastante discutida, visto que, os índios sofrem com a má demarcação de suas reservas, mesmo com a lei Direito do Ìndio a Terra garantido na constituição de 1988, devido aos programas de desenvolvimento (construção de hidroelétricas, minerações ou expansão agrícula ), os quais pouco se importam. Isso deve ser solucionado, uma vez que, diariamente, indíginas são forçados a partirem para outras regiões florestais inadequadas para subsistência ou cidades que interferem na cultura indígina.

Esse cenário fica mais evidente com as votações do código florestal de 1996 e os planejamentos de alteração na demarcação que afetará 600 territórios indiginas em 2016 ligadas aos interesses latifundiários e empresarias. Nesse meio tempo, grupos índigina se revoltam contra o governo brasileiro e acabam protestando contra essas reformas podendo ocasionar ataques tanto dos índios quanto os latifundiários.

Diante aos argumentos supracitados, o estado por seu caráter socializante, deve impedir que a bancada ruralista retirem parte dos territórios indiginas e sim procurar meios de produção viáveis que não interfira nas reservas.



ENEM estuda.com é um sistema para estudantes que desejam ingressar em um curso de nível superior. Resolva questões através do computador, tablet ou celular.vestibular,enem,questoes,estudar,alunos,simulados,questões enem,simulados enem,simulados vestibular,vestibular,provas,provas enem