Redação 5545

Sem Título

Gilberto Freyre já afirmava que o indígena foi de extrema importância para a formação do Brasil missigenado e culturalmente rico que temos hoje. Contudo, a visão de Freyre se distancia bastante da visão social hodierna, uma vez observados os atos de desrrespeito e descasos a essas tribos. Diante da gravidade da situação, urge a ação do estado em consonância com a conscientização social de modo que diminua essas infrações.

Mormente, ao avaliar o índio brasileiro por um prisma histórico, nota-se que a inferioridade indígena não é exclusiva de uma sociedade hodierna, visto que, com a chegada dos portugueses no território brasileiro no século xv, ocorreu a substituição da religião politeísta indígena, pelo catolicismo, doutrina europeia oficial da época. Demostrando assim, um dos exemplos de desconhecimento à cultura dos índios. Ademais, um outro fator semelhante se reproduziu já próximo do século xxi, quando o regime militar, matou milhares de indígenas para a construção de novos prédios no local onde estes residiam. Dessa forma, consta-se que a sociedade herdou tais atitudes ao longo dos anos, e mais grave: Está longe de amadurecer.

Somado ao nosso legado histórico, é cabível enfatizar que a falta de punição aos atos ilegais em terras indígenas, reforçam o distanciamento de amadurecimento social. Embora a utilização de recursos hídricos e minerais em terras indígenas só poder ser feita com o conssentimento estatal, várias empresas descumprem com essa norma. Prova disso é o fato de quatro mil processos de extração terem sido realizados nessas terras, e, ao que tudo indica: sem fiscalização. Assim sendo, esses atos infracionais tendem a causar danos aos patrimônios culturais indígenas, sendo necessário, portanto, a adoção de medidas estatais.

Urge, portanto, a ação de punições em consonância com a conscientização social. Nesse sentido, cabe a polícia civil efetuar fiscalização em empresas do setor primário, a fim de se certificar que a extração mineral não está sendo feita em terras indígenas. Caso haja infração, é necessário que o poder executivo haja conforme a legislação estabelecida pela constituição. Ademais, é necessário que as ecolas incluem na grade curricular, palestras e debates a respeito dos indígenas, de forma a conscientizar jovens e crianças sobre a importancia destes para a nossa formação, pois, conforme afirmado por Kant : " O homem é aquilo que a educação faz dele"



ENEM estuda.com é um sistema para estudantes que desejam ingressar em um curso de nível superior. Resolva questões através do computador, tablet ou celular.vestibular,enem,questoes,estudar,alunos,simulados,questões enem,simulados enem,simulados vestibular,vestibular,provas,provas enem