Redação 6843

Sem Título

Em 1988, foi promulgada a oitava constituição brasileira, na qual foi assegurado que 12% do território nacional seria destinado à reservas indígenas. Entretanto, o sentimento etnocêntrico enraizado em nossa sociedade impede que os direitos do índio sejam respeitados.

Primeiramente, torna-se necessário frisar que a crença de uma superioridade cultural é a origem do desrespeito para com o índio. Dessa forma, seus costumes e crenças são tratados como folclore, por conseguinte, assuntos relacionados a estes não recebem sua devida importância e o país segue menosprezando seus brasileiros tupiniquins.

Em contra partida, a ganância intensificada na era capitalista, impulsiona a destruição de áreas reservadas para preservação dos poucos indígenas sobreviventes. Com o auxílio da bancada ruralista, no congresso, grandes latifundiários encontram respaldo em suas ações, que perpetuam o genocídio iniciado em 1500 com a invasão portuguesa às terras indígenas.

Fica evidente portanto, que muito ainda é preciso ser feito em relação aos direitos do cidadão indígena. Com esse objetivo, é imprescindível à atuação governamental no investimento de fiscalização dos territórios, bem como a criação de campanhas informativas afim de nos aproximar dessa cultura, para que só então o diferente deixe de ser visto como inferior.



ENEM estuda.com é um sistema para estudantes que desejam ingressar em um curso de nível superior. Resolva questões através do computador, tablet ou celular.vestibular,enem,questoes,estudar,alunos,simulados,questões enem,simulados enem,simulados vestibular,vestibular,provas,provas enem