Redação 7809

Sem Título

Consoante ao poeta Cazuza,¨Eu vejo o futuro repetir o passado¨.A questão indígena no Brasil não é um problema atual.Desde a colonização brasileira em meados de 1500 essa vicissitude é uma realidade.De mesmo modo,na contemporaneidade,as dificuldades persistem,seja pelo descaso que a nação trata o aborígene ou por serem violados direitos perante a constituição.

Em primeiro plano,evidencia-se que o primitivo é tratado com rejeição perante a população,e que na maioria das vezes é rotulado de forma preconceituosa pelos brasileiros.É indiscutível que a pátria é hostil ao julgar o nativo de forma negativa e que essa atitude só impede a resolução da problemática.

De mesmo modo,destaca-se,que vários direitos dos autóctones são violados perante a lei,a demarcação de terras é um desses apanágios que não são cumpridos.Com o passar do tempo a homologação de territórios para esses povos tiveram um declínio inadmissível,sendo o governo de FHC o recorde dessas determinações.

Portanto,ações do governo federal em conjunto com a Fundação Nacional do índio(FUNAI) precisam serem tomadas,com a prática anual de delimitações de terras para esse povo,para garantir o direito previsto em constituição,e essa demarcação deve ser feita de forma igualitária para ambas as tribos,garantindo assim todo o privilégio que faz parte da lei no país.Pois como cita o dramaturgo Vitor Hugo,¨A primeira igualdade é a justiça¨.



ENEM estuda.com é um sistema para estudantes que desejam ingressar em um curso de nível superior. Resolva questões através do computador, tablet ou celular.vestibular,enem,questoes,estudar,alunos,simulados,questões enem,simulados enem,simulados vestibular,vestibular,provas,provas enem