Blog

A importância da conscientização do bullying

Toda criança ou adolescente já presenciou algum momento em que viu um colega sendo agredido – física ou verbalmente – por outro, sem qualquer motivação aparente. Para evitar essa situação, elaboramos essa lista com informações úteis para a luta contra esse grave problema. Confira!

A importância da conscientização do bullying

Compreendendo a gravidade do bullying:

É difícil alguma pessoa que possa afirmar, com sinceridade, que nunca caçoou de outra, fez piada sobre seu jeito de agir ou vestir e até mesmo fez comentários negativos. Essas atitudes são erradas, mas geralmente são feitas com limites, de maneira discreta e não são frequentes já que costumamos ter um bom relacionamento com pessoas que já criticamos. Quando esses limites são ultrapassados, as consequências são graves. Isso é um dos pontos que diferenciam as “implicâncias” do dia a dia da prática de bullying, que ocorre de maneira frequente, sem motivo e tem o objetivo de atingir de maneira prejudicial outra pessoa. O bullying pode até parecer brincadeira para quem o pratica, mas para as vítimas os impactos são grandes e negativos, afinal, ninguém aguenta ser humilhado, agredido e ameaçado tantas vezes, sem nada ter feito. Diversos estudos demonstram que problemas como dificuldades no aprendizado, baixa autoestima, depressão e tendência ao suicídio, por exemplo, são mais comuns em pessoas que sofreram bullying quando jovens. Entre os agressores, muitos tendem a desenvolver condutas sociais prejudiciais na vida adulta, como o consumo de drogas e a prática de crimes. É visível que o bullying deixa uma grande marca negativa, atrapalhando a vida de muitas pessoas, que deixam de buscar melhores oportunidades e até mesmo de explorarem o seu potencial devido ao trauma sofrido.

Como agir com relação ao bullying?

Primeiramente, o ideal é que você nunca cometa bullying com ninguém! Porém, quando suspeitar que agrediu alguém, tente se desculpar com a vítima, expressando o quanto você se arrepende e compreende que a atitude foi ruim e sem motivo. Se você presenciar algum amigo ou colega sendo agredido, tente conversar com ele, para saber se essas condutas são constantes, quem as cometem e quando ocorrem. Diga a seu colega ou amigo que irá lhe apoiar, além de explicar o quanto o bullying é prejudicial e que é praticado sem qualquer razão. Destaque o quanto ele é uma pessoa importante e especial. Após isso, vá com seu amigo procurar um superior, como um professor, supervisor ou diretor da escola para conversarem sobre o assunto e buscarem uma maneira de falar com o agressor. Caso a pessoa agredida não seja sua conhecida, tente comunicar um superior sobre o que você viu: por mais que não sejam tomadas atitudes diretamente com os envolvidos, a escola pode se esforçar em realizar práticas que envolvam todos os alunos para evitar o bullying.

E se eu sofrer bullying?

Caso você mesmo seja a vítima, não se culpe, pois você não tem qualquer responsabilidade sobre isso. Converse com seus pais ou pessoas que cuidam de você sobre o assunto, pedindo que lhe ajudem a resolver a situação. Na escola, se possível, peça a um amigo ir com você para comunicar o professor ou diretor e conte o ocorrido e quem está lhe prejudicando. O ideal seria que uma reunião pudesse ser feita com as pessoas que cometeram bullying contra você, para que falem sobre isso e sobre como as agressões desse tipo são desnecessárias e ruins, além de não haver qualquer motivação para elas. É preciso que o agressor também seja ensinado a parar com essa atitude, e reflita sobre o que tem feito: muitas vezes, há diversas coisas em comum que poderiam torná-los amigos, porém, os pré-conceitos que ele tem o impedem de explorar isso.

Esperamos que você tenha compreendido o que é o bullying, como ele é nocivo e por que deve ser evitado e combatido. Se possível, tente falar com pessoas na sua escola ou em outros locais para que juntos todos possam lutar contra essas agressões. Além disso, é importante sempre comunicar um responsável para que ações sejam tomadas quando o bullying ocorre, pois essas agressões nunca devem passar em branco.

3 votos

ENEM estuda.com é um sistema para estudantes que desejam ingressar em um curso de nível superior. Resolva questões através do computador, tablet ou celular.vestibular,enem,questoes,estudar,alunos,simulados,questões enem,simulados enem,simulados vestibular,vestibular,provas,provas enem