Blog Professores

Pontuação e acentuação: relembre seus alunos

Falar é muito fácil, mas saber porque determinada palavra é acentuada ou não, bem como saber as regras de pontuação é algo que somente sabe quem lê as regrinhas gramaticais. Para ajudar os vestibulandos, colocamos aqui as regras de acentuação e pontuação de forma bem resumida para que você possa instruí-los a fazer uma breve consulta quando necessário.

Pontuação e acentuação: relembre seus alunos

A escrita nos dias de hoje tem se tornado muito complicada.

Falar é muito fácil, mas saber porque determinada palavra é acentuada ou não, bem como saber as regras de pontuação é algo que somente sabe quem lê as regrinhas gramaticais.

Isso se agrava com o fato de que com o advento da Internet passamos a nos comunicar com uma linguagem para lá de coloquial, colocando pontuação em excesso, só para dar ênfase, e acentuando de qualquer jeito, afinal os “corretores de celular é que erram”.

Como atentar-se na hora de colocar pontuação e acentuação

Ler as regras gramaticais nem sempre é o suficiente, mas sim resolver inúmeras questões a respeito do assunto. Provas de vestibulares normalmente trazem questões sobre gramática. Você pode recomendar a seus alunos a Estuda.com, para que eles pratiquem na plataforma,melhorem o português e aumentem o desempenho em avaliações!

É no erro constante de como acentuar que os professores podem lembrar os seus alunos o quanto é importante aprender de forma simples e natural como utilizar a pontuação.

Tópicos-chave das redações, pontuação e acentuação são campeões em erros entre os alunos, erros esses às vezes até imperceptíveis, pois o conhecimento das regras também exige atenção.   

É importante que o professor estimule a leitura de seus alunos diariamente fazendo com que a assimilação destes tópicos seja cotidiana e automática, sem decorebas.

Para ajudar os vestibulandos colocamos aqui as regras de acentuação e pontuação de forma bem resumida para que você possa fazer uma breve consulta assim que for necessário.

Resumindo as regras de acentuação das palavras monossílabas e oxítonas

-Acentuam-se todas as palavras monossílabas tônicas terminadas em a (s), e(s), o(s).

Os ditongos monossilábicos abertos éi(s), éu(s), ói(s) também são acentuados.

-Acentuamos as oxítonas terminadas em a(s), e(s), o(s), em/ens.

-Nas palavras oxítonas, os ditongos abertos éi(s), éu(s), ói(s) também são acentuados.

Oxítonas terminadas em i(s) e u(s) também são acentuadas.

Acentuação das paroxítonas

-Acentuamos as paroxítonas terminadas em l, n, r, x, i(s), u(s), ps, ã(s), ão(s), um(uns).

-Paroxítonas terminadas em ditongos orais (seguidos ou não de s) também são acentuadas.

-Observação para os ditongos abertos éi(s), ói(s), éu(s) que não são mais acentuados, bem como não usamos mais acentos no i e no u quando, nas palavras paroxítonas, estas letras vierem depois de um ditongo.

-Acentuação das proparoxítonas

- Todas as proparoxítonas são acentuadas.

Acentuação das letras i e u na segunda vogal do hiato

- Estas letras receberão acento se estiverem sozinhas na sílaba, na segunda vogal do hiato e sem nh após estas letras.

Acentuação dos verbos ter e vir

- Na terceira pessoa do plural destes verbos, estas palavras serão acentuadas.

- Nos derivados de ter e vir (manter, intervir, convir, etc) a terceira pessoa do singular terá acento agudo e a terceira pessoa do plural terá acento circunflexo.

Acentos diferenciais

- Os acentos diferenciais serão obrigatórios nas palavras pôr (verbo) e pôde (passado do verbo poder).

- O acento diferencial é opcional somente em dêmos/demos (presente subjuntivo do verbo dar) e fôrma/forma (recipiente).

- Palavras com as repetições oo, ee não são mais acentuadas.

Pontuação

- Ponto e vírgula (;):  separa itens enumerados, separa um período que já se encontra dividido por vírgulas.

- Dois pontos: utilizado ao se fazer uma citação ou introduzir uma fala ou quando se quer elencar uma enumeração:

- Aspas (“”): utilizadas para citações, expressões estrangeiras, neologismos, gírias

- Reticências (...): São usadas para indicar supressão de um trecho, interrupção ou dar ideia de continuidade ao que se estava falando.

- Parênteses ( ): São usados quando se quer explicar melhor algo que foi dito ou para fazer simples indicações.

- Travessão (–): O travessão é indicado para: Indicar a mudança de interlocutor em um diálogo e separar orações intercaladas, desempenhando as funções da vírgula e dos parênteses, ainda colocar em evidência uma frase, expressão ou palavra.

 

Pronto! Se a desculpa era a falta de livro resumimos aqui para você! Consulte, memorize, faça questões e tire uma ótima pontuação na redação.

Fonte:
2 votos

ENEM estuda.com é um sistema para estudantes que desejam ingressar em um curso de nível superior. Resolva questões através do computador, tablet ou celular.vestibular,enem,questoes,estudar,alunos,simulados,questões enem,simulados enem,simulados vestibular,vestibular,provas,provas enem