Blog Professores

Como unir a redação e a literatura em suas aulas

Vamos listar agora algumas formas interessantes de como você pode unir a redação e a literatura em suas aulas, para mostrar como são importantes para a formação de seus alunos. Acesse e entenda!

Como unir a redação e a literatura em suas aulas

A multidisciplinaridade é algo essencial a ser explorado nas salas de aula, com alunos de todas as idades, mas especialmente com adolescentes. Isso porque nessa idade eles estão envolvidos em mil coisas ao mesmo tempo e provavelmente poucas delas dizem respeito à escola.

Ao misturar assuntos diferentes na mesma disciplina, relacionar tópicos e criar dinâmicas, os professores conseguem realizar aulas mais atrativas que, por consequência, facilitam a compreensão das matérias e empolgam mais os alunos na hora do aprendizado.

O foco do nosso texto é como unir a redação e a literatura, mas não podemos deixar de mencionar outros tipos de multidisciplinaridades muito importantes, como a literatura brasileira e a inglesa, por exemplo. Ambas agregam valor e importância a qualquer texto, elevando o potencial crítico dos estudantes e desenvolvendo a habilidade de estabelecer relações.

É bom também notar a diferença entre a multidisciplinaridade e a interdisciplinaridade. Lembre-se de que a primeira mistura assuntos diferentes de uma mesma disciplina e a segunda coloca duas disciplinas diferentes no mesmo contexto.

Ambas são fundamentais para melhorar o funcionamento do ensino, seja em qual matéria for. A verdade é que qualquer atitude fora da caixa, que chame atenção e ensine ao mesmo tempo, é sempre muito bem-vinda.

Vamos listar agora algumas formas interessantes de como você pode unir a redação e a literatura em suas aulas, para mostrar como são importantes para a formação de seus alunos. Confira:

1 - Compare mídias

Uma maneira de fazer algo dinâmico e ainda explorar a redação e a literatura é adicionar a sétima arte à equação. Isso quer dizer que você pode relacionar um livro a um filme e depois pedir uma tarefa de comparação.

Para dar um exemplo: você pode pedir para a turma ler o famoso livro Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente, e depois passe para eles assistirem ao filme brasileiro Auto da Compadecida, que é bem engraçado e conhecido.

Após todos lerem e assistirem, você pode pedir que eles façam uma redação relacionando a literatura e o filme, as semelhanças, as diferenças, os significados, o contexto geral, etc.

Muitos filmes são baseados em obras literárias importantes e os jovens são muito visuais, então a chance de chamar atenção deles usando filmes é bem maior do que usando textos.

Quando você os impulsiona a comparar com o livro, eles não terão escolha a não ser lê-lo e, quem sabe, acabam se interessando de verdade!

2 - Discuta as obras

Faça debates na sala de aula após a leitura do livro escolhido para aquele período. Não apenas ensine a parte técnica das escolas literárias ou das obras - é claro que é uma parte importante, mas só falar sobre isso pode desanimar o aluno.

Pegue as questões sociais da época, as expressões curiosas, pergunte o que os alunos acharam sobre tal assunto, ouça-os e veja se eles conseguiram relacionar suas vidas e cotidianos de alguma forma com aquele trabalho literário.

Quando a discussão acabar, peça que eles escrevam uma resenha sobre o livro, mas que seja de maneira opinativa, para que eles se sintam conectados àquela lição. Comece por aí e depois ficará mais fácil que eles escrevam sobre assuntos mais difíceis.

3 - Questões sociais

É essencial sempre lembrar aos alunos de que as obras literárias são extremamente importantes para questões discursivas do vestibular e para a redação do Enem, seja de forma direta ou indireta.

Além de aprenderem mais gramática, estilo, gênero, escola, etc, os alunos também precisam aprender a contextualizar e refletir sobre as questões sociais discutidas nas obras e como elas se relacionam com os dias atuais.

Sugira alguns temas de redação dos anos passados para que eles escrevam. Na hora da correção, mostre como a literatura poderia ter ajudado a melhorar o conteúdo e deixá-lo mais relevante.

 

Tentar uma relação mais igualitária com seus alunos, fazer uma aula mais aberta a discussões e atividades que saem da rotina são alguns dos melhores caminhos para que você consiga se fazer entender e chamar atenção deles para itens tão importantes quanto Redação e Literatura.

Fonte:
1 votos

ENEM estuda.com é um sistema para estudantes que desejam ingressar em um curso de nível superior. Resolva questões através do computador, tablet ou celular.vestibular,enem,questoes,estudar,alunos,simulados,questões enem,simulados enem,simulados vestibular,vestibular,provas,provas enem